18 de dez de 2012

Ricardo Goulart: Kalil diz que não irá entrar em disputa com o Cruzeiro

Presidente do Atlético Mineiro se mostrou confiante na vinda do meia-atacante do Goiás, mas viu interesse do clube celeste voltar ao cenário e vai evitar uma disputa 

O Cruzeiro mostrou interesse primeiro, mas o Atlético-MG entrou na jogada para ter Ricardo Goulart na reta final do Brasileirão. O presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, chegou até a afirmar que o acerto com o jogador estava próximo. Contudo, o Goiás cresceu para manter o jogador e a Raposa também voltou à tona.


Com este panorama, o mandatário do Galo admite não entrar em disputas para ter o jogador, apesar de afirmar que gostaria de contar com Goulart.

- Estão fazendo uma onda danada com Ricardo Goulart. Se vier para cá, está bom. Se for para o Cruzeiro, também está bom, porque é uma promessa, não tem nada de espetacular. Não estou preocupado com esse tipo de coisa. O Atlético não disputa promessa. O Atlético disputa jogador. Ele é uma boa promessa, gostaria de tê-lo no Atlético. Se não vier, o que eu posso fazer? - afirmou o mandatário atleticano, à TV Horizonte.

Atualmente, o futuro de Goulart segue indefinido. O motivo é simples: o jogador pertence ao fundo de investimentos do banco BMG, parceiro dos dois clubes mineiros. O Cruzeiro não gostaria de perder um possível reforço para o arquirrival, mas o Galo tem um atrativo a mais que a disputa da Copa Libertadores.
Nos bastidores, nenhum dos dois clubes irão baixar a guarda na disputa. O Cruzeiro tem bases salariais acertadas com o empresário do jogador, Sandro Becker, e a proposta é maior que a do Galo. Ricardo Goulart deverá ser o próprio escolhedor de seu destino, uma vez que o BMG irá evitar criar um clima ruim tanto no Galo quanto no Cruzeiro.

O Goiás não poderá impedir a saída do jogador para nenhum clube, uma vez que, como o LANCE!Net antecipou, havia um prazo vencido no último dia 15 para que o clube esmeraldino comprasse parte dos direitos econômicos do meia-atacante, fato que não aconteceu e deixou o destaque da Série B disponível para negociar com qualquer outro clube.