6 de dez de 2012

Dirigente do Cruzeiro manifesta desejo de renovar contrato de Wallyson para 2013


A diretoria do Cruzeiro está otimista em renovar o contrato com Wallyson. Depois de o atacante revelar que gostaria de ampliar o vínculo, que se encerra na próxima quarta-feira (12), o presidente Gilvan de Pinho Tavares informou que se reunirá nos próximos dias com o empresário do jogador, Gustavo Arribas, para tentar a permanência do atleta.

“Não tem ainda nada definido. Mas pretendo me reunir e conversar com o empresário do jogador para olhar o que podemos fazer. Particularmente, e ele (Wallyson) sabe disso, gosto muito do futebol dele e gostaria que ele permanecesse”, observou o dirigente.
A reunião entre o Cruzeiro e o empresário deve ser realizada nos próximos dias. Gustavo Arribas, que é ligado ao grupo HAZ Sports, detém 50% dos direitos econômicos de Wallyson, o clube mineiro, 30%, enquanto o jogador e um empresário de Natal possuem 10% cada um.
Nesta quarta-feira, em entrevista a um programa de rádio em Natal, local onde nasceu e passa férias, Wallyson afirmou que recebeu uma sondagem do Atlético-MG, por parte do técnico Cuca. Porém, agradeceu ao treinador, com quem trabalhou no Cruzeiro, mas disse que gostaria de continuar na Toca da Raposa.
“No meio do ano (agosto), demos uma aumento salarial para ele, mesmo com ele não conseguindo se firmar no time, por causa da cirurgia. É um jogador que gosto muito e que vamos ver se continua”, afirmou o presidente celeste.
Em agosto, quando também terminava seu contrato de empréstimo, Wallyson viveu um impasse, mas renovou até o final do ano e recebeu aumento salarial. O atacante, porém, não conseguiu repetir as atuações de 2011, quando foi um dos artilheiros da Libertadores, com sete gols.
Isso porque o atleta continuava com dores no tornozelo esquerdo, local que operou em agosto do ano passado, depois de sofrer uma fratura. As dores não cessaram, mesmo depois de mais de um ano, e Wallyson passou por nova intervenção, no final de novembro, quando retirou uma placa e seis parafusos do tornozelo.