9 de jun de 2012

Perto de acertar saída do Cruzeiro, Bobô faz mistério sobre seu destino


Com passagem apagada pelo Cruzeiro, Bobô deve acertar nos próximos dias rescisão de contrato com o clube celeste. O atacante de 27 anos foi afastado do grupo principal celeste na última segunda-feira, juntamente com mais quatro atletas. O destino do jogador pode ser novamente o futebol europeu, onde teve sucesso no Besiktas, da Turquia.

Em seu perfil no microblog twitter, Bobô faz mistério em relação ao seu próximo clube, já que colocou pontos de interrogação depois de mostrar os clubes pelos quais passou. “Revelado no Corinthians ?Besiktas-Turquia ? Cruzeiro-MG ?????”, escreveu o jogador.
Segundo o diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, o clube mineiro deve acertar a rescisão contratual com o jogador nos próximos dias. “A situação do Bobô já foi definida. A gente não ia fazer a renovação de contrato. Já estamos providenciando a rescisão dele, que parece estar saindo para um time de fora”, afirmou o dirigente.
O atacante estava na mira de Sport e Náutico para o Campeonato Brasileiro, porém o salário pedido pelo jogador teria sido acima das expectativas dos dois clubes e a negociação não avançou.
No Besiktas, Bobô tornou-se o maior artilheiro estrangeiro da história do clube. O jogador chegou ao clube mineiro no meio da última edição do Campeonato Brasileiro, com a missão de substituir Thiago Ribeiro, vendido ao Rentistas-URU e emprestado por um ano ao Cagliari.
Porém, Bobô não conseguiu repetir as atuações que teve pelo time turco e esteve em apenas 12 jogos, balançando as redes em duas oportunidades pela equipe mineira. O jogador nunca conseguiu uma sequência de partidas como titular do Cruzeiro e, com o técnico Vagner Mancini, chegou a treinar separadamente.
Além de Bobô, também foram afastados outros quatro jogadores. O zagueiro Cribari, com contrato encerrando em julho, não vai renovar com o Cruzeiro. O lateral Marcos e o atacante Fábio Lopes devem ser emprestados. Já o volante Rudnei deve acertar sua transferência para o Alania, da Rússia, nos próximos dias.
UOL