13 de jun de 2012

Empresário diz que lateral Ceará foi sondado, mas diretor do Cruzeiro nega


Atrás de jogadores para resolver carência na lateral direita, o Cruzeiro tem evitado comentar sobre nomes que lhe interessam. Revelado pelo Santos e com passagem vitoriosa pelo Internacional, Ceará, de 31 anos, teria sido sondado pelo clube mineiro, segundo seu empresário, Thiago Taveira.  Porém, o diretor de futebol , Alexandre Mattos, negou interesse no jogador, que recentemente rescindiu contrato com o Paris Saint-Germain.

“Nós temos uma boa relação com a diretoria do Cruzeiro. Eles sempre ligam para a gente para conversar de jogadores. Ele (Alexandre Mattos) tocou no nome do Ceará, perguntou sobre a situação dele, mas ainda não teve nenhum avanço ou conversa detalhada”, contou o empresário ao UOL Esporte.
Thiago Taveira ainda afirma que o jogador tem o desejo de voltar ao futebol brasileiro, pelo qual foi vitorioso no Internacional, ao conquistar a Libertadores, o Mundial de Clubes e a Recopa Sul-Americana, entre 2005 e 2007. Porém, o jogador só voltaria ao País, depois de cinco temporadas na França, se fosse para um contrato extenso.
“Mudar para outro país sempre é complicado. Ele já está acostumando com a França, os filhos pequenos dele já estudam em escola francesa e estão acostumados com a língua. Ele tinha um dos melhores salários do PSG. Mas tudo isso pode ser resolvido com um contrato de mais um ano, também”, ressaltou Taveira.
Porém, a diretoria do Cruzeiro não confirma a sondagem ao lateral direito. “Não tem nada disso. Boatos surgem todos os dias. Só ontem (terça-feira) contrataram dois, três jogadores para o Cruzeiro. Não vamos falar de negociações em andamento”, afirmou Alexandre Mattos.
Com a saída de Marcos, emprestado ao Atlético-GO, o elenco celeste tem apenas Diego Renan, que atua nas duas laterais, para o lado direito. Recentemente, o presidente Gilvan de Pinho Tavares chegou a dizer que está próximo de anunciar um jogador para a posição, porém a negociação teve uma reviravolta e o acordo não vingou.
Rafael Moura
Sobre o atacante Rafael Moura, que tem contrato com o Fluminense até 2015, Alexandre Mattos negou que o jogador tenha sido oferecido ao time celeste. “Não foi oferecido. Ele é um bom jogador, mas não posso ficar falando sobre nomes, porque isso só complica a negociação. Quando tiver a oportunidade, colocaremos em pauta para vocês”, desconversou o dirigente.
Depois da saída de Bobô, que voltou ao futebol turco, e de Rafael Lopes, que está fora dos planos do técnico Celso Roth, a diretoria deve contratar outro atacante, até porque Walter, que não tem atuado, também pode deixar a Toca da Raposa. O destino do jogador, que pertence ao Porto, pode ser o Goiás, que disputa a Série B do Brasileiro.
UOL