6 de jun de 2012

Cruzeiro se acerta com consórcio e vai jogar no estádio Independência


Parece ter chegado ao fim a novela que envolve o Cruzeiro e o estádio Independência. Nesta terça-feira, o presidente do clube celeste, Gilvan de Pinho Tavares, confirmou um acordo para jogar no estádio. O acerto foi praticamente uma reviravolta, afinal, o dirigente celeste havia, no dia anterior, reclamado do contrato enviado pelo consórcio que administra a arena.

No entanto, Gilvan disse que a empresa retornou aos moldes acordados no primeiro momento e que o contrato já foi assinado. Assim, está mantido o primeiro jogo do Cruzeiro no estádio, reformado e entregue no último mês de abril: dia 16 de junho, às 18h30m, contra o Figueirense.
- Ontem (segunda-feira) eu fiquei indignado com a posição que essa empresa havia tomado em relação ao contrato para o Cruzeiro jogar no Independência. Depois de uma reunião de mais de duas horas, deixamos praticamente acertado o contrato, com exceção de mínimos detalhes. Ele (o consórcio) demorou mais de trinta dias para dar essa resposta. E o contrato chegou ontem por e-mail, mudando o que ela (empresa) tinha proposto. Por isso eu disse que não queria. Estava restringindo poucos lugares ao Cruzeiro. 
Segundo Gilvan, após esse desencontro, o consórcio buscou na segunda-feira mesmo acertar o contrato com o Cruzeiro.
- Ela (empresa), que estava se escondendo de acertar as bases contratuais, correu ontem, e ontem mesmo se propôs a assinar dentro dos termos anteriores, e hoje mesmo já assinou. Então está definido. O Cruzeiro vai jogar até o final do ano no Independência.
GloboEsporte