22 de nov de 2012

Bota-PB tenta meia que fez parte da Tríplice Coroa do Cruzeiro em 2003


De 2003 pra cá, muita coisa se passou. Mas a honra de ter feito parte do melhor time do Cruzeiro dos últimos tempos ninguém tira de Sandro. Ele participou ativamente da conquista da Tríplice Coroa – Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Com menor destaque, obviamente. Alex e Aristizábal eram apenas algumas das estrelas de uma constelação que ainda contava com o goleiro Gomes, o zagueiro Edu Dracena, o volante Maldonado e o atacante Deivid.

Agora, perto de completar 32 anos, o volante vive um momento diferente. Talvez devido a uma série de lesões que o prejudicaram nas temporadas anteriores. Ele faz parte dos planos do Botafogo-PB para a disputa do Paraibano. E pode ser anunciado a qualquer momento pela diretoria, que preferiu despistar sobre a negociação.
- Houve uma conversa, realmente, mas não tem nada definido até então – disse o vice-presidente de futebol botafoguense, Ariano Wanderley, na tarde desta quarta-feira.
Revelado pelas categorias de base do ABC, Sandro é um dos grandes ídolos do alvinegro potiguar. É idolatrado pela torcida. Unanimidade absoluta. Mesmo que, na sua última passagem pelo clube, em 2009, tenha feito parte do elenco que foi rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro. Daí em diante, rodou por equipes menores. Americana, Ituano e Marília e até uma passagem pelo futebol vietnamita 'engordaram' o currículo vitorioso do atleta, que, além das conquistas pelo Cruzeiro, tem um tricampeonato norteriograndense(1998, 1999 e 2000) e o título da Série B pelo Criciúma em 2002.
Apesar de a diretoria botafoguense não entrar em detalhes sobre a negociação, fontes ligadas ao clube dizem que as duas partes estão perto de um acordo. A contratação do jogador, inclusive, já foi aprovada pelo treinador Marcelo Vilar. Acima de tudo, por ser um atleta que tem facilidade para atuar também na lateral esquerda – função que ele desempenhou várias vezes nos seus tempos de Cruzeiro.
Globoesporte