3 de set de 2012

Diretoria do Cruzeiro se antecipa e admite repatriar meia Alex em 2013


Diante da insatisfação do meia Alex, que esta na reserva do Fenerbahçe por causa de atrito com o atual treinador, a diretoria Cruzeiro antecipou-se e admitiu o desejo de repatriar o jogador, que virou ídolo da torcida celeste depois da conquista da tríplice coroa em 2003, para a próxima temporada.

“Já fizemos contato com o Alex. Ele tem contrato com o clube até maio do ano que vem. Mas ele tem vontade de voltar. Outros clubes do futebol brasileiro também. Vamos ver se a gente consegue trazê-lo. Evidentemente que tem que ser dentro do nosso orçamento”, afirmou o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares.
Escolhido o craque do Brasileirão 2003, Alex deixou o Cruzeiro em 2004 e transferiu-se para o Fenerbahce e se tornou um dos maiores ídolos da história do clube turco. Em atrito com o atual treinador de sua equipe, o ex-jogador Aykut Kocaman.
Segundo o atleta, Kocaman, que é o maior artilheiro do clube turno com 136 gols, quer impedir que ele o ultrapasse e se torne o recordista de gols do Fenerbahce.  Alex tem quatro gols a menos que seu atual comandante. Por isso, o meia pode retornar ao futebol brasileiro.
“Ele disse que gostaria de voltar ao Brasil e jogar no cruzeiro. É nosso ídolo, se encaixa dentro do perfil que queremos em grandes competições”, afirmou o presidente do Cruzeiro.
UOL