28 de ago de 2012

Cruzeiro será denunciado esta semana e pode perder mando de até 20 partidas


O departamento jurídico do Cruzeiro terá trabalho para livrar o clube das punições pelos incidentes do clássico desse domingo contra o Atlético. Em entrevista ao Superesportes, o procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schimitt, explicou que a denúncia ocorrerá até esta sexta-feira e o clube celeste pode perder até 20 partidas de mando de campo.
É isso que a procuradoria pretende. Vamos oferecer a denúncia e esperamos que o julgamento e a punição sejam proporcionais ao fato ocorrido. Vamos enquadrar no artigo 213, com pena de um a dez jogos. Dependendo de quem julgar, pode ser que seja enquadrado duas vezes, por causa de tumulto e desordem, podendo chegar, portanto, até a 20 jogos de punição, explicou Schimitt.

Tudo vai depender do julgamento. Às vezes, a maioria dos auditores entende que há somente um fato e desconsideram o acúmulo de penas no mesmo artigo, analisando tudo conjuntamente. Nossa obrigação é fazer a denúncia, completou.

Se a denúncia ocorrer até sexta-feira, o julgamento deve ocorrer na próxima semana. O Cruzeiro aguarda o resultado para anunciar onde mandará seus jogos, se realmente perder o mando. Como defesa, o clube pretende alegar que a atitude intempestiva da torcida ocorreu em decorrência da atuação desastrosa do árbitro. Além disso, a diretoria celeste diz já ter identificado alguns torcedores que lançaram os objetos no gramado. Alguns deles, podem, inclusive, ser atleticanos infiltrados na torcida celeste.

Autor: Gilmar Laignier - Superesportes