5 de jul de 2012

'Ofuscado' por Borges, Ceará quer reviver duelo 'Davi e Golias' com Ronaldinho


Ofuscado pela confirmação da contratação do atacante Borges, liberado pelo Santos, o lateral direito Ceará, apresentado oficialmente na manhã desta quinta-feira, espera reviver o confronto “Davi e Golias” que teve com Ronaldinho Gaúcho, atualmente no arquirrival Atlético-MG, no Mundial de Clubes de 2006.

Interrompido pela própria diretoria celeste durante sua apresentação, para o anúncio oficial do acerto com Borges, que fica por dois anos e meio no clube celeste, Ceará confirmou que ainda precisa melhorar a parte física e comentou o reencontro com Ronaldinho Gaúcho no futebol mineiro.
“Já vencemos, logicamente o Ceará não era conhecido por ninguém. Era uma batalha Davi e Golias, pequeno contra o grande. Naquela época, o objetivo era ser vencedor, objetivo igual ao dele. Mas, antes deste duelo, o objetivo maior, independentemente, é conseguir jogar bem pelo Cruzeiro”, afirmou o lateral.
Em 2006, Ceará foi o principal marcador de Ronaldinho Gaúcho, na final do Mundial de Clubes, em que o Internacional venceu por 1 a 0 o Barcelona, time então defendido pelo meia-atacante, contratado no início de junho pelo Atlético-MG.
Ceará atuou cinco anos no futebol francês, defendendo o Paris Saint-Germain. O jogador, que nunca trabalhou com Celso Roth, disse que não há desculpa para se adaptar ao futebol brasileiro. Segundo ele, para quem não tinha noção do idioma francês quando chegou a Paris, voltar ao futebol brasileiro será “tranquilo”.
“Espero me adaptar o mais rápido possível, no mundo da bola não tem bola quadrada, alguns dão desculpa e adaptação, readaptação, mas desde o primeiro jogo já estava adaptado à França. Cheguei sem saber uma palavra no idioma deles e consegui me adaptar bem”, disse o jogador.
Ceará chega para assumir a posição mais carente no Cruzeiro: a lateral direita. Atualmente, o clube mineiro não possui jogadores da função. Nos últimos dois jogos, o zagueiro Leo foi improvisado. Diego Renan, que se firmou como lateral esquerdo, também jogou na posição no Campeonato Brasileiro.
UOL