24 de jun de 2012

Obrigado a improvisar nas laterais, Celso Roth volta a cobrar reforços no Cruzeiro


Apesar de estar contente com a liderança conquistada do Campeonato Brasileiro, após a vitória por 3 a 1 sobre o Vasco, o técnico Celso Roth espera qualificar o elenco celeste e voltou a cobrar reforços da diretoria depois de se ver obrigado a improvisar nas laterais.

“Jogamos com o Léo improvisado na lateral direita à moda europeia, e o Everton improvisado no lado esquerdo. Estou dizendo isso porque ainda precisamos melhorar o elenco. Temos que ainda fazer contratações. O campeonato está no início ainda”, observou o treinador.
Para as laterais, Celso Roth tem à disposição apenas Diego Renan, que vem sendo improvisado na direita, mas não participou do jogo contra o Vasco devido a dores musculares. Também conta com Gilson, que não vem sendo nem relacionado.
A diretoria celeste busca laterais, mas está encontrando dificuldades para achar opções no mercado. “Lateral todo mundo quer, mas está complicado contratar. Quem tem bons jogadores na posição não quer liberar. Então, temos que dar apoio aos atletas que temos”, disse o diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos.
Lorenzetti
Sonho antigo da diretoria celeste, o argentino Lorenzetti já recebeu uma proposta da diretoria do Cruzeiro. A Universidad do Chile, detentor da maior parte do passe do jogador, confirmou que recebeu ligação de dirigentes do clube mineiro. A equipe mineira teria oferecido 3,5 milhões de dólares por cinco anos de contrato com o armador, que receberia salário bem superior ao que tem no time chileno.
Porém, o valor teria ficado aquém do que pretende a Universidad do Chile, segundo a imprensa chilena. A negociação ficaria mais fácil, já que o time estrangeiro foi eliminado da Libertadores e está na reta final do Clausura nacional.
UOL