29 de mai de 2012

Para aliviar grupo e folha salarial, Cruzeiro pode definir saída de atletas nesta semana


Com 34 jogadores no grupo profissional, o Cruzeiro prepara, para esta semana ainda, lista de atletas que não devem permanecer para a disputa do Campeonato Brasileiro. Depois da contratação dos volantes Tinga e Willian Magrão e do atacante Fabinho, o clube celeste quer “enxugar” o grupo para aliviar a folha salarial.

O Cruzeiro deve emprestar alguns jogadores para equipes da Série A do Brasileiro, enquanto outros terão o contrato rescindido. O clube ainda não deve renovar com o atacante Bobô e com o zagueiro Cribari, os dois com contrato encerrando no meio do ano. O atacante Wallyson, que não garantiu a permanência, teria proposta do exterior.
Em entrevista ao UOL Esporte, o diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, classificou como “natural” a saída de alguns jogadores e disse que nos próximos dias pode haver alguma novidade em relação a dispensas.
“Isso sempre acontece no futebol. Sempre em grandes clubes é natural que alguns cheguem e outros saiam por causa de contratações. No Cruzeiro não é diferente. O Celso e a diretoria estão olhando isso e com certeza contaremos a vocês quando estiver tudo acertado”, disse o dirigente.
Por causa do mau momento financeiro, o desejo da diretoria celeste era dispensar jogadores já antes no início do Brasileiro. Porém, com a saída do técnico Vagner Mancini, depois da eliminação da Copa do Brasil, os dirigentes preferiram esperar a chegada do novo treinador.
Com a chegada de Fabinho, que estava no Guarani, o Cruzeiro já contratou 16 jogadores na temporada. Porém, o único contratado que se manteve entre os titulares desde o começo do ano foi o volante Marcelo Oliveira. Com a chegada de Celso Roth, os volantes Amaral e Charles, além do armador Souza, se firmaram também entre os 11.
A posição com mais disputa é o meio-campo, no qual o Cruzeiro tem 10 volantes à disposição. Pouco aproveitados, Diego Arias e Rudnei podem deixar a Toca da Raposa, enquanto o jovem Lucas Silva pode ser emprestado. Criticados pelos torcedores, os laterais Marcos e Gilson também devem sair.
UOL