28 de mai de 2012

Ainda sem vencer, Celso Roth espera reforços no Cruzeiro


Dois jogos, dois empates. Esses são os números do técnico Celso Roth a frente do Cruzeiro. O treinador acredita que teve pouco tempo de trabalho (duas semanas) para que os resultados apareçam. Além de comemorar o período de mais de dez dias de preparação para a terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o comandante também espera chegadas de mais reforços para o grupo de jogadores. No último sábado, a diretoria anunciou o acerto com o atacante Fabinho, de 28 anos, que estava no Guarani.



"Não vamos parar por aí, temos muito mais a fazer, a diretoria está trabalhando, mesmo com dificuldade financeira, a direção vem trabalhando muito, não vamos parar por aí não. Quem sabe a gente não tem novidades na sequência? É o que a gente espera", afirmou o treinador.


Sobre o atacante Fabinho, Roth acredita que o atleta possa ser útil porque atualmente o Cruzeiro tem carência de atacantes velocistas no elenco. "Esta vindo para compor o grupo, tem certa experiência, mas tem velocidade. E uma característica que a gente precisa, que é a velocidade, uma oportunidade que tem em um clube grande, no Cruzeiro. Obviamente, temos dificuldades, mas estamos correndo atrás", completou.
Wallyson, único velocista do atual grupo, apesar de liberado pelos médicos, segundo Celso Roth, ainda não se encontra totalmente recuperado fisicamente da cirurgia no tornozelo esquerdo realizada no segundo semestre do ano passado.
"O Wallyson é um jogador de velocidade, perfil físico muito bom, queremos que ele decida a vida dele. O contrato dele acaba daqui a dois meses, mas é um jogador de muita velocidade e nós vamos precisar dele nas partidas", alertou Roth.
O próximo compromisso do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro será diante do Botafogo, dia 7 de junho, às 20h30 (Brasília), no Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro.
TERRA