14 de nov de 2012

Agente de Egídio confirma interesse do Cruzeiro, mas espera Série B


Não é novidade para o torcedor do Goiás que o lateral-esquerdo Egídio tem propostas para a próxima temporada. O próprio jogador já deixou claro que seu futuro está indefinido, e que alguns clubes o procuraram. Um deles foi o Cruzeiro. O empresário do atleta, Eduardo Uram, confirmou que o time mineiro se mostrou interessado em contar com o líder de assistências da Série B. No entanto, o agente segue o discurso de Egídio, e adota a cautela.

- Já me ligaram do Cruzeiro, de todos os lugares, e respondi que o jogador tem o interesse de vários clubes, mas no momento adequado a gente vai falar, tendo em vista que o Goiás ainda está disputando seus objetivos, está brigando pelo título. Em respeito a essa situação, não vamos comentar sobre isso. Entendo que o Egídio está bem no clube, ajudou o time, conquistou muito tanto individualmente, quanto coletivamente, e normalmente surgem propostas. Mas só vou falar depois.
Egídio é um dos destaques do Goiás na temporada. Ele tem 27 assistências em 2012, e já balançou as redes nove vezes. Ele está emprestado ao time esmeraldino pelo Flamengo, clube com o qual tem vínculo somente até o fim da temporada, mas que, segundo Eduardo Uram, não tem chances de renovar. Em ótima fase após um 2011 irregular, o lateral se diz feliz no Esmeraldino, mas deixa o futuro nas mãos de seu empresário.
- Meu empresário falou que tem o interesse de uns três clubes de grande expressão, e também o Goiás. A gente está esperando acabar o campeonato para definir tudo isso direitinho. Eu estou muito feliz aqui, e pretendo permanecer. Aí vai depender de sentar, conversar, e ver o que é melhor – disse o lateral nesta terça-feira, em entrevista coletiva.
O empréstimo do lateral-esquerdo ao time esmeraldino foi realizado como um pagamento de uma dívida do Flamengo com a equipe goiana, relacionada à transferência do atacante Souza para o time carioca. O Rubro-Negro paga integralmente os salários do jogador. Eduardo Uram revelou que também já foi procurado pelo Goiás, que pretende renovar o contrato. Entretanto, nada foi conversado.
- O Goiás também já demonstrou interesse no Egídio, a gente acatou esse interesse com muito respeito, mas não entrou em negociação. Além do plano desportivo, existem os interesses pessoais do jogador que também devem ser levados em conta, e que vamos discutir só após a Série B – definiu.
O GLOBOESPORTE.COM tentou entrar em contato com Alexandre Mattos, diretor de futebol do Cruzeiro, mas ele não atendeu as ligações.