24 de set de 2012

Técnico Celso Roth analisa fase de Fábio no Cruzeiro: "Ele não é culpado sozinho"

O técnico Celso Roth saiu em defesa do goleiro Fábio após a derrota para o São Paulo, por 1 a 0, neste domingo. Para o treinador, o gol do Tricolor saiu de um cruzamento errado do lateral Douglas.

Aos 22 minutos da etapa final, Douglas cruzou da ponta direita, Fábio tentou interceptar e desviou na direção de Osvaldo, que cabeceou para o fundo do gol. “É complicado, porque um gol sempre sai do erro. O Douglas errou o cruzamento. Errou e acertou. Se o Fábio dá aquele tapinha numa situação normal, a bola sai em linha lateral. Mas ela quicou, ele deu o tapa e caiu na cabeça do Osvaldo. Mérito dele, que estava bem colocado”, analisou Roth. 


Fábio foi o principal alvo de protestos da torcida do Cruzeiro no embarque para a capital paulista, nesse sábado. O goleiro foi ironizado por torcedores com pés de alface. Para o treinador, ele tem sido culpado pela má fase de toda a equipe.

“Falando do Fábio, acho que temos de ter muito cuidado, porque, quando o momento não é bom do clube, principalmente a opinião pública e os torcedores acham alguém para crucificar. Ele não é culpado sozinho, nós todos participamos das coisas. O Fábio já nos ajudou muito e vai continuar nos ajudando. Acho que tem um potencial incrível. O Fábio é um dos grandes goleiros desse país e, quando acontecem essas coisas, temos de ter muito cuidado. Senão, um só passa a ser o culpado. No jogo, o Fábio fez outras defesas com segurança”, destacou.

Com a derrota para o São Paulo, o Cruzeiro completou cinco jogos sem vencer no Brasileirão. Com o capitão do time pressionado, Roth espera que a má fase reflita em amadurecimento e ascensão no campeonato. “É o momento do Cruzeiro. Passamos por um momento de turbulência. Temos de passar por isso, são provações que temos na vida. Temos de passar por isso para amadurecermos e encaminharmos de forma mais clara nosso caminho no Campeonato Brasileiro”, observou.


Superesportes