1 de set de 2012

PRÉ-JOGO - Cruzeiro x Náutico

O Cuzeiro enfrenta o Náutico, neste domingo, no Estádio Independência, às 18h30, em Minas Gerais, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se sair com uma vitória, o timbu encosta no time mineiro e quebra o tabu de nunca ter vencido o Cruzeiro fora de casa.

Desde 1967, o Náutico não sabe o que é vitória contra a Raposa. Na história do confronto, foram 12 jogos. O time mineiro tem grande vantagem, foram dez vitórias dos mineiros, e apenas dois empates. A má notícia para o Timbu, é que o o Cruzerio já marcou 29 gols, e sofreu apenas oito.

Na rodada passada, o Cruzeiro venceu o Atlético-GO fora de casa, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia por 2 a 0. Com a vitória, a Raposa foi aos 31 e pontos e subiu duas colocações, ocupando agora o sexto lugar.

Já o Náutico bateu o Figueirense nesta quarta, no Estádio dos Aflitos, de virada, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, e garantiu sua oitava vitória na competição. Com o resultado, o Náutico ocupa a nona posição na tabela, com 27 pontos.

Suspenso

Neste jogo, o zagueiro Thiago Carvalho irá desfalcar o Cruzeiro. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo na vitoria sobre o Atlético-GO, na noite de quarta-feira, e terá de cumprir suspensão automática no confronto com a equipe pernambucana.

Em compensação, o técnico Celso Roth terá novamente à disposição o zagueiro Mateus e o volante Leandro Guerreiro, que ficaram de fora do jogo contra o Atlético-GO por suspensão.

Expectativa
O atacante Kieza e o volante Elicarlos estão fora do confronto contra o time mineiro. Kieza sentiu um estiramento no músculo vasto medial da coxa esquerda, no jogo contra o Sport e não enfrenta o time mineiro.

O meia Rogerinho foi acionado no segundo tempo de partida contra o Figueirense, quando o Timbu perdia por 2 a 0 e após sua entrada o time conseguiu uma virada sensacional, revertendo o placar para 3 a 2.

"A gente trabalha sempre com o pensamento de ajudar. A equipe está formada desde o início do ano, mas graças a Deus tive a opotunidade de entrar e pude ajudar a equipe a virar o jogo", disse o meia.

Com a saída de Rhayner, suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo, o meia vive a expectativa de iniciar o jogo contra o Cruzeiro.

"Se for escolhido vou ficar feliz. Desde que cheguei aqui sempre tive esperança de jogar e trabalhei muito durante a semana para isto acontecer. O Cruzeiro é uma equipe de qualidade e vamos procurar reeditar as boas atuações para sair de campo com a vitória", finalizou.