18 de jul de 2012

Borges não faz gol, mas fica feliz em participar dos lances decisivos para a vitória celeste


Borges fica caído após
sofrer falta

Titular pela segunda partida seguida, o atacante Borges voltou a passar em branco na vitória sobre a Portuguesa, mas teve participação direta nos dois gols do Cruzeiro na noite desta quarta-feira. O centroavante reconheceu que a atuação foi melhor. “Vamos voltar para casa feliz”, destacou.

“O mais importante é estar criando, os gols vão sair com naturalidade, o importante é ajudar, participar, estou feliz pela atuação de hoje minha e do time”, disse Borges. Ele sofreu o pênalti, cometido pelo zagueiro Rogério e que foi convertido por Wellington Paulista.
A estreia do atacante aconteceu contra o Grêmio no domingo passado, quando o Cruzeiro perdeu por 3 a 1 e o jogador passou em branco. Nesta quarta, Borges não marcou novamente, mas mostrou melhor movimentação e participou dos dois lances de gols celestes, assinalados por Wellington Paulista e Diego Renan.
O ex-atacante santista teve suas chances para balançar as redes de Dida. Aos 46 min do segundo tempo, por exemplo, ele chutou com força, concluindo boa jogada individual de Montillo, mas errou o alvo, por pouco.
Borges afirmou que atuou em função diferente diante da Portuguesa, ajudando na criação de jogadas, ficando mais distante da área. “O time está aprendendo a jogar ainda, estou saindo um pouco da minha característica que era ficar mais fixo, estou me movimentando, fazendo o que o Roth tem pedido”, observou.
“O principal é que o time vai para casa com a certeza que fizemos o melhor, uma boa partida, atuação melhor do que as últimas”, observou Borges, que formou dupla com Wellington Paulista.
Para o atacante, o time celeste precisa pegar a vitória sobre a Portuguesa como exemplo para os próximos jogos. “O que fica como lição, como aprendizado foi a maneira que a equipe jogou hoje, todo mundo dedicando, lutando”, ressaltou. “Estamos no caminho certo, vamos para casa de cabeça erguida”, acrescentou.
UOL