27 de jun de 2012

Empresário garante acerto verbal de Lorenzetti com o Cruzeiro e afirma: 'Agora é só cumprirem o acordo'

O Cruzeiro está muito perto de colocar um fim às especulações e oficializar a contratação do meia Gustavo Lorenzetti, um dos grandes destaques da Universidad de Chile nas últimas temporadas.

Segundo o chileno Washington Castro, empresário do meio-campista argentino, o acordo verbal para que Lorenzetti venha para a Toca II já está firmado. O que falta é o Cruzeiro esperar o término do Torneio Apertura (acaba no dia 2 de julho), em que a La U está focada na final contra o O'Higgins, para finalizar o acordo com a direção do time chileno.

“Já há um acerto prévio para que Lorenzetti atue pelo Cruzeiro. E o jogador está empolgado com a possibilidade de se transferir para o Brasil. O Cruzeiro é uma grande equipe do futebol brasileiro, e, neste momento, o que estamos esperando é o fim do Torneio Apertura. 
A La U está na final, tem um compromisso importante, e o jogador está focado nos dois jogos que podem dar mais um título à equipe”, revelou o agente, em entrevista exclusiva ao Super FC.

Ainda de acordo com o procurador de Lorenzetti, todos os valores para a futura transação já estão estabelecidos. Apesar de não revelá-los, Castro disse que faltará apenas que o Cruzeiro cumpra os compromissos acertados com o jogador.

“Em respeito ao jogador (Gustavo Lorenzetti) e ao Cruzeiro, não divulgo valores (de negociações). Futuramente todos saberão o que ficou detalhado. Seria uma falta de ética e consideração se falasse, agora, para você, tudo o que já está acertado. Além do que, fazendo isso, com certeza atrapalharia o negócio. Como disse, após o fim do Apertura faltará ao Cruzeiro somente arcar com os compromissos para ter Lorenzetti ainda em 2012”, garantiu Castro, que ainda falou dos possíveis futuros companheiros do atleta no Cruzeiro.

“Montillo e Victorino já passaram por aqui (Universidad de Chile) e são fortes influências para Lorenzetti, que deseja atuar ao lado dos ex-jogadores, ainda ídolos, do time chileno”, disse o empresário.

Palavra do Cruzeiro

O Cruzeiro não quis dar detalhes do andamento da negociação com Lorenzetti. O diretor de futebol da Raposa Alexandre Mattos, em contato com a reportagem, disse que o clube só irá se pronunciar sobre a transferência caso ela seja concretizada.

“O clube só fala quando estiver tudo concretizado. Não posso dizer nada que não esteja acertado ainda. Temos que esperar as coisas se concretizarem para falar algo com relação a qualquer jogador”.

O que diz a imprensa chilena

A imprensa do Chile afirma que a Raposa tentou um acordo de 3,5 milhões de dólares para ter os 60% dos direitos econômicos de Lorenzetti. No entanto, esse montante poderá ser acrescido de mais 500 mil dólares, ou até um pouco mais, para que a proposta ultrapasse os 4 milhões de dólares.

Os valores, segundo fontes chilenas ouvidas pelo Super FC, “são muito bons”. O que faria à cúpula da Universidad de Chile mudar de opinião, já que tenta fazer de tudo para manter a maior parte de seu plantel para o restante das disputas na temporada.

Lesão de Gustavo Lorenzetti

Com uma contusão na sola de um dos pés, Lorenzetti desfalcou a Universidad de Chile na partida de volta das semifinais da Libertadores – foram eliminados pelo Boca Juniors (ARG) – e na segunda partida, também semifinal, do Torneiro Apertura. Na ocasião a La U aplicou a goleada de 4 a 0 no Colo Colo e eliminou o arquirrival, após reverter o placar desfavorável do primeiro jogo 2 a 0).

A expectativa é que o jogador retorne aos gramados nesta quinta-feira, podendo, inclusive, atuar contra o O'Higgins, de Rancagua, na decisão do Apertura chileno.

Apesar da lesão, Lorenzetti está “bem na fita” com a torcida da La U. O jogador é um dos atletas mais importantes do grupo, foi importante na boa campanha feita recentemente na Libertadores da América e na conquista da Copa Sul-Americana de 2011.

A previsão é, caso chegue a oferta tentadora do Cruzeiro, com cifras superiores aos 4 milhões de dólares, que a Universidad de Chile libere Lorenzetti para os mineiros sem colocar barreiras.

Super FC